Natal Solidário: como empresas podem ajudar ONGs

Tempo de Leitura: 6 minutos

Apesar de existirem inúmeras ONGs / OSCs (Organizações da Sociedade Civil) precisando de apoio e diversas empresas com vontade de ajudar, é comum esbarrar no desafio de encontrar um modelo de parceria que seja favorável para ambos. Por exemplo: às vezes uma empresa quer fazer doação de roupas para determinada ONG, mas do outro lado a organização precisa urgente de doação de telhas para a reforma de sua sede. 

Um dos primeiros passos para que uma empresa se conecte com um projeto social é entender que não existe hierarquia, ou seja, para que o apoio à uma ONG seja feito de forma genuína e realmente gere impacto positivo, é preciso escutar para entender o que faz sentido tanto para a empresa como para a ONG. 

Nessa época do ano, é comum que as empresas criarem ações de Natal Solidário mas muitas não sabem qual a melhor maneira de fazer isso de um jeito simples e eficiente.

Continue lendo para saber como sua empresa pode ajudar uma ONG de diversas formas!

Pilares para sua empresa apoiar uma ONG

Compromisso

Em épocas como o Inverno, o Natal, a Páscoa, dia das Crianças, etc… é comum que as empresas façam ações sociais para ajudar uma instituição de forma pontual. É inquestionável que ações específicas são muito importantes, mas para que o impacto social seja transformador, é importante que o apoio seja recorrente. Um grande exemplo, são as campanhas de Outubro Rosa em que geralmente acontece uma grande arrecadação de recursos para organizações que trabalham no combate ao câncer.

Campanhas como esta são essenciais para a conscientização sobre esta causa, mas a realidade é que essas ONGs não trabalham apenas em Outubro! O câncer não é um problema sazonal, por isso é preciso entender a importância do compromisso com o apoio recorrente.

Qualidade

Como falamos anteriormente, para que o apoio tenha qualidade, é preciso uma mudança de mentalidade, eliminando pensamentos do tipo: “minha empresa já está apoiando, a ONG não tem que exigir”. Por isso, depois de escutar a organização e entender como realmente a empresa pode ajudar, é hora de pensar em como entregar um apoio de qualidade!

Se sua empresa se comprometeu a dar uma consultoria financeira para a ONG, planeje quantas horas serão dedicadas e qual o objetivo final. Se a ajuda é pontual, pensem em como os colaboradores de sua empresa poderiam capacitar a equipe da ONG para dar continuidade à gestão financeira no futuro.

Transparência

Um dos temas que mais enfatizamos aqui no Polen, com relação à Responsabilidade Social empresarial, é a Transparência! É essencial que as empresas tenham coerência entre o discurso e as ações. Por exemplo: em sua comunicação uma empresa diz apoiar a causa do Setembro Amarelo – mês de conscientização e prevenção do suicídio, porém dentro da empresa não existe nenhuma política de bem estar para os colaboradores. 

Como sua empresa pode ajudar uma ONG?

Doações corporativas

Uma da maneira mais simples de apoiar um projeto social é através atuação corporativa, pois o apoio financeiro como recurso livre, é importante para que as organizações possam cobrir custos que não podem ser supridos com doações, por exemplo gastos como água, luz, internet, locação de espaço, ou até mesmo o salário de profissionais que se dedicam em tempo integral no desenvolvimento de projetos que não são supridos por voluntários.

Muitas empresas destinam uma porcentagem de suas vendas para projetos de responsabilidade social. Já existem tecnologias para tornar este processo mais transparente e sem burocracia, como as soluções do Polen, que além de automatizar o processo de doações, também oferece às empresas um portfólio com organizações sociais verificadas e confiáveis e também uma página de transparência para que a empresa possa compartilhar o seu impacto com o seu público. O legal desta solução é que empresa não precisa doar um valor fixo por mês, mas doa de acordo com seu volume de vendas, ou seja quanto mais a marca vender, maior será o seu Impacto social.

→ Saiba como ajudar ONGs com uma porcentagem das vendas do seu e-commerce.

Voluntariado corporativo 

Muitas pessoas querem se envolver com projetos sociais, mas não sabem muito bem por onde começar e os programas de voluntariado empresarial, podem ser vistas pelos colaboradores como uma oportunidade de colocar em prática sua vontade de atuar positivamente na sociedade. Há muitos benefícios para colaboradores que participam de programas de voluntariado empresarial, alguns deles são:

  • Desenvolvimento de competências como liderança e trabalho em equipe
  • Melhora da integração com os colegas de trabalho
  • Desenvolvimento de novas habilidades técnicas
  • Aumento do senso de pertencimento
  • Fortalecimento da motivação

Programas como este, exigem mais tempo, planejamento e investimento, por isso muitas vezes são mais difíceis de aprovar internamente, mas com certeza o resultado é muito positivo tanto para as empresas, como para os voluntários.

Consultorias

Empresas como a Ambev, têm programas de mentoria e capacitação em gestão para ONGs. A ideia é que os funcionários doem tempo e conhecimento para alavancar projetos de impacto social. No caso da Ambev, podem se inscrever as Organizações da Sociedade Civil que trabalham com educação e geração de oportunidades para crianças e jovens de comunidades em vulnerabilidade social.

Neste modelo, os colaboradores que participam do programa de voluntariado, se tornam mentores e o contato é frequente entre mentores e organizações, seja por e-mail ou telefone. Além disso, há conteúdos gravados com especialistas corporativos e estão disponíveis na plataforma EAD para consulta.

campanha_natal_ecommerce

Inclusão no mercado de trabalho

Ultimamente, muito se fala em diversidade dentro das empresas mas poucas realmente sabem por onde começar. Uma das principais barreiras para a inclusão está na mentalidade ou cultura da empresa, por isso existem organizações que auxiliam as empresas neste caminho! Uma delas é a ASID busca o reconhecimento do potencial e das habilidades das pessoas com deficiência!

A ASID desenvolve palestras e workshops em que os participantes realizam atividades em conjunto com as pessoas com deficiência com o objetivo de gerar empatia e despertar a inclusão na empresa. Além disso, também auxiliam as empresas a entenderem como podem moldar o ambiente de trabalho para a inclusão.

Leis de incentivo fiscal

Poucas empresas sabem que podem apoiar projetos sociais através das leis de incentivo fiscal! O bacana desta opção, é que a empresa redireciona parte do valor que seria pago em impostos, para projetos de impacto social. Ou seja, o custo é zero e sua marca têm a oportunidade de ter resultados positivos também, como branding, oportunidades de negócios e etc, patrocinando causas como incentivo à cultura, esporte, educação e etc! Causas que são de total interesse e necessidade da sociedade.

Quer saber mais sobre este tema? Confira o Webinar:

Conheça o Polen

Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *